Sobre a autora

Diagram showing that the width of a capital M ...
Image via Wikipedia

</

Muita gente me chama Maricota, mas quando eu era criança, uma melhor-Amiga-de-infancia da minha mãe sempre me dizia: Maricota, sai da chuva! E eu não sabia o que era, nem de onde vinha. Mas ficou gravado na minha memória, até que achei no Sao Google a resposta. descobri que Maricota, sai da chuva é um baiao de Marcelo Tupinambá. Coisa do começo do século passado. Quem quiser cantar, pensa na melodia de Borboleta, essa cançaozinha que a Ana tanto gosta na voz de Marisa Monte:

Côro:
Maricóta, sáe da chúva
Deixa, deixa de embromá
Maricóta, sáe da chúva
Que tu vaé te aconstipá
A chúva tá penêrano
Tá penêrano no á
Maricóta, sáe da chúva
Que tu vaé te aconstipá

Maricóta:
Não tenho medo da chúva
Nem do ronco do trovão
Eu quero mêmo que chôva
Pra lavá meu coração

Penêra, chuva, penêra;
Não deixa de penêrá…
E prô sê triste rocêra
Como tu anda a chorá…

Côro:
Maricóta, sáe da chúva, etc…

Maricóta:
Não tenho medo da chúva, etc…

Lá no ceo tá fuzilano
Vejo as nuvens a se mexê
, Pode sê que seja engano
Se chovê logo se vê…

Côro:
Maricóta, sáe da chúva, etc…

Maricóta:
Não tenho medo da chúva, etc…

Óia o sór já pareceu…
Já, não chóve, nhô Vadô,
Óia o arco, lá no céu,
A trovada já passô…

Côro:
Maricóta, sáe da chúva, etc…

Maricóta:
Não tenho medo da chúva, etc…

Cala a bocca, nhô Vadô
Que essa chúva não me móia…
Vá s’imbora, minha gente,
Que moiada eu não estô…

Paulistana, vivi no caos até os 26 anos, quando decidi com uma amiga da faculdade dar umas bandas pelo mundo, trabalhar do que fosse e viajar. Viemos para em Barcelona e apesar de que a Gabi realmente morou e trabalhou em muitos lugares, eu, que me sentia nômade sem ter nunca vivido em outro lugar acabei ficando aqui mesmo. E isso foi em 2003. Trabalhei, estudei,namorei , viajei. Fui à praia, à festa, trabalhei de várias coisas diferentes, conheci gente de muitos lugares e de aqui também. Até que em 2007 conheci o meu marido e tudo mudou, sem mudar de lugar. Temos duas filhas e muitos planos. Entre as delícias de viver num pais com tanto sol e vida em comunidade e as dificuldades de viver em um país bem castigado pela crise, vou lutando para manter o equilíbrio entre casa, trabalho, vida de casal e vida privada – atualmente, meu único momento comigo mesma é no trem, indo para o trabalho.

O blog é velho, mas o propósito é novo. Escrever sobre as coisas que me interessam / preocupam, considerando que sou mãe de duas meninas e que trabalho fora. Quero começar escrevendo uma vez por semana tudo isso que preocupa a mãe moderna, a culpa Eva saúde mental própria e dos filhos. Sei que já será uma vitória se até o fim do ano eu conseguir as 52 publicações, mas devemos sempre pedir mais. Quero que através dos posts possa conectar, ou reconectar, pessoal ou virtualmente, com outras mulheres que estejam ou estiveram na mesma situação, pero sin perder la ternura, nem o bom humor.

7 comentários em “Sobre a autora

  1. Oi,

    Não sei como vc se chama… li tudo no seu blog e não consegui encontrar!!!
    Na verdade estava fazendo uma busca sobre Valldoreix e apareceu seu blog no buscador da Internet.
    Gostei muito! Gostoso de ler e de verdade: não dá pra parar… qdo termina um comentário, dá vontade de ler outro.
    Sou de SP tbm, e já moro aqui em BCN há 4 anos. Tenho 29 anos e dois filhinhos… meu mairdo tbm é brasileiro.
    Enfim… é para elogiar seu blog…
    Quem sabe um dia a gente se encontra!
    Barbara

  2. Marina,
    achei vc sem querer…
    estava procurando blogs para poder comentar sobre a empresa que eu estou trabalhando e qdo vejo era vc a autora desse. hehehe!
    como tá a vida?
    bjs,
    Kananda

  3. Olá Maricota! Já acompanhava teu blog há tempos e agora que estou indo morar um ano em Barcelona com 2 pequenos (Miguel de 4 anos e Joana de 2,5 anos) fiquei imaginando se poderia te perguntar algumas coisinhas (assunto pediatra e escola). Se não for demais, dê um toque e conversamos. Te deixo um feliz ano novo! abraços, Milla

    1. Oi Ana Emilia, que desastre! Pode perguntar o que quiser, desculpa não ter respondido antes, culpa da tecnologia…
      Eu moro fora de Barcelona 15 minutos, então não vamos as mesmas escolas nem médico. Mas te conto minha experiência, talvez te sirva.
      Eu uso o sistema público, que não sei se vc vai ter acesso ou vai ter seguro privado para o tempo que estiver aqui. Para pediatria é muito bom o público mesmo.
      Escola também vou na pública, aqui começa aos três anos. A minha pequena ainda vai na creche, que no meu caso é particular porque a pública é mais estrita com os horários e não funciona para mim.
      Se quiser, me manda inbox… Mari_aquino@yahoo.com

      Boa sorte!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s