A vida depois da maternidade (há vida depois da maternidade) · As aventuras de Mini e Maxi · Brasil · Maricotinha no Brasil · Viagens

São Paulo é o destino turístico mais competitivo do Brasil

Porque quando a gente pensa em fazer turismo o primeiro que a gente quer é que o destino seja competitivo. Ou não, né? Mas cada um pega o que tem, e São Paulo tem isso, para o bem e para o mal. É uma cidade competitiva.

Então se você tem planos de vir pra São Paulo e não sabe se emenda o fim de semana, ou se traz a família, ou se resolve parar uns dias a mais na conexão, pare. Vale muito a pena, mesmo com crianças.

Neste e nos próximos posts vou dar algumas dicas sobre a cidade, com e sem crianças. No momento em que escrevo já estamos de volta em casa, já tenho saudades!

Antes de mais nada, algo sobre onde ficar em São Paulo.

Se você vem a São Paulo visitar algum amigo ou familiar, é certo que esse não será um problema. Mas se não é o seu caso, São Paulo tem muitíssimas opções de alojamento. Escolha pela localização, porque um dos problemas mais importantes da cidade e o trânsito e o tempo que se demora de ir de um lado a outro.

O Centro tem fama de ser perigoso, mas tem muito boa comunicação para toda a cidade, além de que muitas das atracções estão por aí. Esteja atenta – como em qualquer cidade grande – e se prepare para ver a mistura de que é feita a cidade. Além de hotéis, Airbnb também é uma boa opção. Com a vantagem que os anfitriões podem dar aquele apoio logístico que faz toda a diferença.

A região da Avenida Paulista também tem muita oferta. É a principal artéria de negócios da cidade e tem próximo os bairros de Jardins, Cerqueira César, Paraíso, Higienópolis e Bela Vista.

Ampliando um pouco o radar, o eixo Vila Madalena, Pinheiros, Itaim e Moema tem uma boa combinação de comércio de rua, restaurantes, oferta cultural e ambiente residencial familiar. Em uma pesquisa recente, os moradores de Pinheiros foram os que deram nota mais alta para a própria qualidade de vida. Se você ainda não está preparada para a informalidade do Airbnb, em São Paulo também há muitos Apart-hoteis. Apartamentos com serviço de hotel, que podem ser reservados através das centráis de reservas online habituais.

Não posso (ainda) recomendar nenhum lugar, porque sempre que venho fico na minha mãe e ela só recebe a família e amigos!

Outro ponto de muita atenção, é o transporte. Se for ter um carro a sua disposição, procure também ter um gps, ou um plano de dados no telefone para usar alguma aplicação para celular. Uma das mais usadas agora mesmo é a WAZE.

Se não for ter carro, pense que sempre que puder ir de metrô, vá. É rápido e confiável, mas nem de longe cobre a cidade toda. Se não, pegue um táxi, ou o UBER. Se você já está cadastrada, pode usar seus dados de sempre. Pensa que para pegar um táxi, também é melhor ter um aplicativo. Ajuda muito porque você pode escolher um motorista que aceite cartão de crédito, e sabe exatamente quanto tempo ele vai demorar pra chegar. A verdade é que apesar de não ser super favorável ao UBER, a sua existência está melhorando o serviço de táxis em geral. Mais respeito pelo cliente, melhor experiência. Pra sair de noite é melhor não ter carro, tanto por causa da bebida (os controles são estritos), como pelo problema de estacionar.

Pra não ficar um post enorme e cansativo, deixo o resto pra outro post.

https://www.flickr.com/photos/titodixebra/
Avenida Paulista, por David Castañon via Flickr

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s