As aventuras de Mini e Maxi · cozinha

#comidadeverdade

Ia fazer um post contando minhas pequenas obsessões e de como as alimento na Internet. Mas veio a vida e acho que para não deprimir as leitoras vou falar de uma coisa por vez. Hoje é dia de contar minhas peripécias na cozinha, com e para Ana.
Perguntei se ela queria ver o leite virar iogurte. Os olhinhos se iluminaram. Ela me ajudou a contar as xicaras de leite e por na panela para esquentar. Depois me ajudou a misturar o iogurte e por no forno para passar a noite. Dia seguinte, mostro o resultado e ela não quis provar, mas acho que ela gostou do truque.
Quer fazer em casa? É bem facinho, fica uma delicia e é o mais natural que você pode conseguir.
8 xicaras do melhor leite que você encontrar. Pode ser até leite cru.
1 xícara de um bom iogurte, sem sabor e o mais natural possível.
Panela com tampa e forno.
Ferva metade do leite e misture a outra metade fria. Esta é a temperatura que você deve manter para que ocorra a fermentação. Misture bem o iogurte, feche bem a panela e deixe toda a noite dentro do forno desligado, com a luz acesa.
Fica um pouco líquido, más cremoso. Para ficar mais denso, dizem que se deve coar com um pano. Eu não tentei. Outra dica é misturar leite em pó no leite que vai ferver, para ficar mais cremoso.
Pode dar errado? Sim! Se ferver demais, se esfriar demais. Mas o custo de encontrar o ponto certo é baixo, então acho que vale a pena.
Faço toda semana e acho que estou ficando viciada… A próxima brincadeira vai ser fazer mantenga!

Anúncios

2 comentários em “#comidadeverdade

  1. Oi Mariana, faço muito aqui em casa – às vezes deixamos assim, dá para bater com frutas ou mesmo colocar sal, picar um alho, hortelã fresca e pepino (à moda turca) para comer como molho de salada; outras, depois que tiro do forno coloco uma noite na geladeira, para ficar mais consistente, depois côo (?é assim que escreve?) num pano de saco fino, deixo escorrendo o soro de um dia para o outro – aí funciona como um patê/o que chamam de coalhada seca – geralmente amasso com sal, azeite de oliva, um pouco de orégano, uma pitada de mostarda e cheiro verde picadinho…, mas pode misturar o que quiser, outras ervas, tomate seco picado, etc… o resto deixo por conta da sua criatividade..bjs

    1. Vânia, deu água na boca! Eu pensava que o tatzik era grego… Esse molho de iogurte e pepino. Por enquanto eu só como com geléia, granola, oí batido com fruta. Mas não passo uma semana sem fazer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s