As aventuras de Mini e Maxi

Fui ali casar e voltei

Vocês, minhas leitoras fiéis, devem estar o dia inteiro pensando “quede Maricotinha?”, né nao? Pois é, o título é só parte da resposta, porque pra casar basta um dia e faz bem assim mais de um mes que nao venho por aqui.

Pois é, resolvemos oficializar a nossa relaçao mais que nada porque sendo os dois estrangeiros aqui a coisa ficava mais fácil. Mas também porque a gente gosta de fazer festa. E porque o Silviu era solteiro e eu disse que casar era super legal. Enfim, aproveitamos que vinham meus pais e meus avós ver o verao na França e marcamos a data. Aí organizar foi um trabalhao, pode-se dizer que é preciso uma tribo pra fazer uma festa dessas. Todo mundo que estava bem pertinho participou e ajudou e o resultado foi bem bom, como vocês podem ver aí por esta fotinho. Quem tava longe veio em pensamento e quem nao veio – porque nao sabia ou porque nao pode vir, também está no nosso coraçao, juro.

Além disso, e talvez mereça eu escrever outro post para cada um desses assuntos, neste tempo de sumiço Mini e eu também:

1. fizemos um curso de gestao de conteúdo web, pra aprender essa coisa de Dreamweaver. Bem basicao, mas inspirada pela Flávia e seguindo um desejo antigo resolvi que tinha que começar por algum lugar. O resultado espero poder mostrar logo aqui no blog e depois em outros sítios por aí.

2. fizemos um curso de corte e costura! Nao sei se contei aqui que ganhei uma máquina de costura da minha madrinha querida, lá no meu aniversário do ano passado. Já tinha coisas cortadas mas estava sem coragem de costurar. Agora estou mais dentro do método – a última aula é terça-feira – e espero ter terminado minha primeira calça! Estou mais que satisfeita, é uma tremenda forma de “empoderamento”.

3. Fizemos um monte de receitas de bolos novos, todos deliciosos. Quem me inspira nessas coisas é a Vivi do “decoeuraçao” e a querida do The Cookie Shop, com receitinhas testadas e adaptadas que realmente sempre dao certo. Digo fizemos porque com uma menina de 9 meses na sua perna, tudo é um trabalho em equipe.

4. Estamos prestes a terminar o curso de ioga. É, depois de nove meses vai ser estranho nao ter esse compromisso de segunda e quarta. Mas a vida é assim, a gente já nao está no pos-parto, a Ana já pesa muito pra eu fazer exercícios com ela e ela precisa de uma atividade mais para a sua idade. Fora que nao dá pra combinar idades nessas turmas, entao é mais que hora de dar espaço para os novos babies que estao chegando por aí.

Resumindo, estivemos vivendo aqui intensamente. A Ana engatinha daquele jeito engraçado e está com vontade de caminhar, tipo empurrando uma cadeira. Mas ninguém poe pressao entao acho que ainda vai demorar aquele mes largo para ela andar sozinha. Ela dá tchau e estica os bracinhos quando quer que a gente a pegue no colo. É uma fofa e eu estou apaixonada.

Estamos de férias mas ficamos por aqui. Entao, entre um mergulho na piscina e outro a gente vem aqui por uma fotinho ou deixar um recadinho. Beijocas a todas – e todos.

Anúncios

9 comentários em “Fui ali casar e voltei

  1. Parabéns pelo casamento! Essa foto está simplesmente MARAVILHOSA – felicidade estampada nesse sorrisão lindo de vocês. Amei!
    A Ana é novinha ainda pra andar, não? André empurrava tudo e mais um pouco mais soltinho mesmo e sozinho foi depois de um ano só…
    beijos, parabéns mais uma vez e um aperto na lindinha!
    Re

    1. Pois , Renata, andar. Dizem que normal entre os 9 e os 18 meses, n? A Ana faz 10 meses semana que vem e fica em p j faz um tempinho. Eu nao ligo dela andar ou nao, nao. Minha preocupaao era que ela gateasse, e ela gateia. E rpido, r! Obrigada pelo carinho e parabns pela sua Mariana, fofa.

      ________________________________

  2. Hola Maricotinha!
    Felicidades por la boda. Cada vez que me paso por tu blog hay novedades. Hijos, casamientos… Parece que tu vida está tan de color de rosa como el blog, lo que no es nada nada fácil.
    Um beijo e (insallah) hasta pronto!

    1. Chevi! Muchas gracias por tus visitas virtuales. Asi en muy poco tiempo hablaras también portugués. Pero piensa que Ana es mucho mas graciosa en vivo, hay que verla.

  3. até que enfim!
    pronto, nem conheco o siuviu nem nada da história de voces direito mas já vou logo colocando “até que enfim” ao invés de oba. que sejam muito muito felizes.
    mari, ve se nao vai depois dessa dar outra voltinha longa. só se for pra lua de mel.

  4. Oi Mari, faz tempo que quero entrar, e faz uma coisa, faz outra…não dá. Queria te desejar mil felicidades com o Silviu! Vocês 3 formam uma família linda. Confesso que fiquei com uma pontinha de inveja do curso de corte-e-costura, confesso que é uma das minhas frustrações…, mas não sei se vou encarar isso nessa encarnação! Tem tantas coisas que quero fazer na frente! Se vc morasse no Brasil, podíamos fazder uma joint-venture, ia te encomendar um monte de coisas, idéias que fervilham na minha cabeça… Bom, não suma do blog! Mas confesso eu mesma que é uma promessa difícil de fazer… Enorme beijo, Vania (amiga da Sílvia).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s