As aventuras de Mini e Maxi · Meleca Amarela

Tempo

“Tempo é o que você faz com ele”, já dizia uma publicidade de relógios.

Quanto mais tempo a gente tem menos coisas a gente consegue fazer é algo que a gente aprende quando passa muito tempo sem ter o que fazer.

Que o tempo nao me pertence mais é algo que aprendi com a maternidade. Uma vez eu quis passar quatro camisas do Silviu e fazer o almoço e limpar o banheiro antes dele chegar para comer. Terminei frustrada, cansada e triste, porque a Ana chorou um monte. Eu passei só duas camisas e fiz o almoço, mas a limpeza ficou para outro dia. Pra me compensar da bobagem passei a tarde toda abraçadinha na Ana.

Outro dia eu queria encontrar as minhas amigas em Barcelona, mas coincidia com a hora do banho da Ana e dela dormir. Levá-la comigo nao era uma boa opçao por causa do transporte e tal. Entao pensei que, se ela dormisse logo depois do banho eu podia ir, já que ela dorme umas seis horas depois do banho. E o Silviu ia ficar com ela e eles se adoram. Mas eu já sabia, se ela nao dormisse, nada feito. E ela bem boazinha que é dormiu e eu fui. Foi o tempo de jantar, trocar os presentes do amigo secreto, tirar fotos, rir e voltar. Claro que foi estranho, porque até pra tomar banho eu levo ela comigo, e só deu certo porque quem decidia era ela.

Mamar a demanda é a causa e a consequência dessa atitude. Escutar ao bebê que tem fome, sede, ou quer um consolo. Passar com ele cada crise de crescimento quando de repente volta a querer mamar de hora em hora, mas também agradece quando um dia ela começa a dormir seis horas seguidas todas as noites.

Tem mae que chega ao cúmulo de fazer tudo em etapas. Até refogar uma cenoura é tarefa para dois dias. Um dia corta, outro cozinha. Estranho, mas fica todo mundo bem. Eu mesma comprovei isso, essa semana resolvi fazer geléia. Sozinha com ela consegui em uma tarde cortar a maça, cozinhar e coar, mas faltou a segunda fervida com o açúcar e por nos potes fervidos. Emendou com a hora do banho e foi bem chato. Tanto que nao deu certo. Teria saído melhor se tivesse deixado para o dia seguinte. Vivendo e aprendendo, cada dia um pouquinho melhor.

Anúncios

3 comentários em “Tempo

  1. Nossa, que post incrível. Traduz exatamente o que é a maternidade. Dividir, conciliar, replanejar a vida, redimensionar o tempo. E é isso mesmo, há dias de frustração por não dar conta do recado todo e dias (a maioria deles) de imensa alegria por esses pequenos seres que viram nossa vida de ponta cabeça. Bom que a blogosfera mostra que todo mundo se sente meio que igual diante desses novos desafios. adorei. beijos!!!

  2. Eh.. e não dizem que a Terra tá girando um milímetro de segundo mais rápido (essa medida existe?), messmo?? Por isso temos a sensação do tempo estar mais curto.. hehe, inda mais quando se tem um bebê por perto né?!
    Bom, quando vc tiver um tempo e a Ana deixar, entre no blog de uma amiga minha que é ‘crafeteira’ – dundunmommy.blogspot.com – ela era ceramista e vendeu tudo para fazer artesanato em tecido, e faz coisas bem fofas… o legal é que no blog tem zilhões de dicas de sites, blogs, livros, revistas sobre o tema. Como a Sílvia me falou que vc tá pensando em comprar uma máquina de costura…., dá uma olhada nas idéias!!
    Bjão! Vania.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s