bitácora · Meleca Amarela · sala de estar

O Natal

O Natal lá em casa sempre foi uma festa onde vinha muita gente. A família mais chegada e a expandida, incluindo a mae e a irma de um, umas amigas e suas maes. É assim, a ordem é nao ficar soziho. Cada um trazia uma coisa de comer e a mesa era a mais variada e rica que eu jamais vi. Tanta que no dia seguinte quase todo mundo voltava para comer o resto – enterrar os ossos como diz meu avô. Há uma troca de presentes simbólica e jogos de salao para entreter toda a tropa até bem tarde da noite. Criança nao tinha muita – eu e meu irmao e dois primos, depois duas primas mais – entao papai noel era coisa de outro dia. Lembro que tinha que esperar até a meia-noite para abrir os presentes, mas nao lembro de quando deixei de acreditar no bom velhinho.

Árvore sim que era um item origatório. Minha mae gosta de decorar – e colecionar enfeites – e nem sempre é o pinheiro, ela gosta de uma versao nacional da coisa. É bem verdade que eu nao me animava muito em ajudar, principalmente nos últimos anos antes de vir para a Espanha, mas isso nao tira que a árvore estava lá, com seus presentes, simbolizando a contagem regressiva para a grande festa.

Eu cresci, algumas das personagens dessa festa morreram, outras mudaram de país e até eu vim embora. A festa continua, com menos gente mas nao com menos alegria e sempre na minha caixinha de boas lembranças.

Aí que eu vim embora e já sao seis anos sem fazer árvore. Algum ano porque eu nao tinha nem casa, outros porque nao ia passar o Natal aqui e assim foi. Mas este ano é diferente, porque chegou a Ana. É verdade que ela ainda nao sabe nada disso, mas agora somos três, uma pequena família. E é hora de começar a construir a nossa própria tradiçao.

Por isso o Silviu foi ontem e trouxe uma árvora bem grande e bonita – de plástico – alguns enfeites, para eu poder começar a minha própria coleçao, e as luzes de led. A noite de natal nao vai ter Papai Noel – aqui a tradiçao é outra – mas vai ter boa comida e muito boa companhia. Minha avó mandou um menino jesus pra começar um presépio – é a tradiçao dela – e o resto vai se ajeitando. Já estou esperando…

Anúncios

5 comentários em “O Natal

  1. Mariana,

    Estou aqui, chorando feito boba depois de ler o que você escreveu sobre o Natal.
    Fomos fazendo a festa ao longo dos anos e é bom saber que ficaram boas lembranças para você também.
    O primeiro Natal depois que eu e seu pai casamos também tinha um menino Jesus que a avó dele mandou, com a oração que lemos todos os anos. Afinal, é o aniversário dele, mesmo que isso cada vez menos seja lembrado.
    Ontem seu pai montou a árvore, finalmente desisti das naturais e agora temos a plástica. Preciso arranjar um tempo para colocar os enfeites.
    Este ano aqui vai ser meio xoxo (ou chocho?), vocês fazem falta… Sabe aquela música que diz que “a saudade é dor pungente”. É mesmo.
    Mas isso não impede que a nova família comece uma linda tradição, com árvore, enfeites e tudo a que tem direito.
    Beijos,

  2. que bonito tudo isso que vc escreveu maricota! eu fico feliz de poder fazer parte do primeiro natal da Familia Aquino Oltean…. e poder compartilhar com vcs nosso primeiro Natal “em casa” já que tbm sempre viajamos… ainda não tenho árvore, oudeco… e acredito que este ano ainda não me animarei fazer nada… só compartilhar o amor e a amizade em uma noite especial! beijos

  3. Continuo viajando para passar o Natal com a minha família, mas agora faço questão de montar árvore e enfeitar a casa antes de viajar, parta a Ciça já entrar no clima. É, menina, filho muda tudo. Mesmo.
    Beijos

  4. Amiga, eu tambem nunca fiz arvore depois que fui embora do Brasil, e antes isso era coisa da minha mae que adora enfeitar a cada toda – além da arvore tem papai noel por tudo que é canto e até toalha de mesa temática – e sigo sem vontade de montar uma, mas no meu caso eu sei bem o porquê. É que desde que sai do Brasil nunca senti que estivesse na minha “casa”, e ainda não sinto…. que coisa neh? Minha irmã sim, já tem uma arvore montadinha na casa dela lá em Londres. Cada vez tenho mais vontade de ter uma casa pra chamar de minha… quando será?
    O seu primeiro Natal em familia com certeza vai ser especial. Nos vamos passar na casa de uns amigos (ela brasileira, ele espanhol) com a familia dele, espero que seja pelo menos divertido e regado com muito vinho 🙂
    Espero que o tronco cague muitos presentes pra vcs! hahahahaha, beijo grande

  5. Natal com criança é tudo de bom! Este ano caprichei na decoração pra comemorar a chegada da Emília, mas desconfio que a partir do ano que vem vou ter de tomar cuidado com algumas coisas. Minha árvore está suspensa precariamente sobre suas caixas, pra ficar altona. Já pensou bebê engatinhando e trombando nas caixas? Soterramento na certa! 😉
    Curta bastante seu natal! Estou adorando acompanhar o desenvolvimento da Ana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s