Meleca Amarela

Melhora, antibiótico e chupeta

Além da otite da Ana, esta semana eu fiquei sem internet porque decidi mudar de servidor e por isso fiquei sem responder as mensagens de carinho e força das meninas.Mas tô aqui pra dizer que vale muito cada comentário que leio, me enche de emoçao…

O choro da Ana nao era tao desesperador, e eu ainda estava tentando todas as outras opçoes para acalma-la. E como ela nao tinha febre, só descobri quando saiu pus da orelhinha dela. E o pai perguntou o que era e eu disse “nao sei”… Claro que no hospital fiquei cheia de remorso e me sentindo uma incompetente, mas o médico foi mais rápido e me tranquilizou dizendo que sem febre nao tinha mesmo como saber. Que ela ia tomar um remedinho e ia ficar tudo bem.

O tal remedinho era um antibiótico com gosto de sorvete de morango diet que dá vontade de vomitar – em mim, imagina na pequena. E isso três vezes por dia por oito dias. Tô morrendo de pena dela, mas por sorte hoje é o último dia. Essa história do antibiótico foi o que menos gostei, mas na hora a gente nao tinha muita opçao. A gente nao tem médico particular e nao tinha como pedir outra opiniao. Acho que por causa da infecçao nao ia ter outro jeito.

Outro efeito colateral disso é que a Ana agora tem uma chupeta. Eu tinha comprado uma que ela nao tinha gostado e dizia pra todo mundo que ela era assim, nao queria chupeta. Até que ela começou a recusar o remédio – guardava na boca e depois cuspia – e a Dra. Ana disse que tinha que dar o remédio junto com a chupeta pra “forçar” ela a engulir. Pura tortura, eu sei, mas era para o bem dela. Entao juntou que tinha ganhado uma chupeta de brinde lá na aula de massagem e tentei. Demorou um pouco para ela entender como funcionava, mas agora vai “de maravilha”.

O que mudou? Ela demora mais para pedir o mamá, mas também come mais e com mais vontade. Por outro lado, se a chupeta cai, ela nao sabe ainda o que aconteceu e nao chora. Mas em seguida começa a chupar o dedo, que era o que eu mais queria evitar. Por isso preciso ficar mais atenta, acho. Eu preferia que ela nao quisesse nada, mas entre a chupeta e o dedo, melhor a chupeta, ou nao?

Anúncios

6 comentários em “Melhora, antibiótico e chupeta

  1. Mil vezes chupeta a dedo. Sofro até hoje para tirar o dedo da Ciça (ela parou e depois, coma mudança paa Brasília, voltou a chupar). E não se culpe quanto ao antibiótico, vc não tinha opção. O importante é que ela melhorou, né?
    Beijos (e combata o dedinho enquanto é tempo)

  2. Melhoras pra minha xarazinha!

    Quanto à chupeta, concordo com a Paloma, é beem melhor que o dedo.

    Nós também usamos a chupeta aqui em casa e acabou sendo uma grande aliada (sempre usamos muito pouco).

    beijos

  3. Ih, esse negócio de chupeta ou dedo é controverso. Os ortodontistas preferem a chupeta porque, segundo eles, deforma menos a arcada. Já a encantadora de bebês prefere o dedo porque a criança o tem sempre à mão (literalmente… hehe) e consegue controlar melhor o uso desse calmante. Eu ainda não tenho opinião; acho que vou ter de ver na prática mesmo depois que minha filha nascer. Eu ainda como unha até hoje, olha o mau exemplo…

  4. Também sou das que gosta da chupeta, porque depois no futuro, fica mais fácil tirar a chupeta, mas uma criança que chupa dedo, como fazemos pra tirar? Corta a mão? Acho que chupeta é um veículo de muita ajuda com os bebês, mas eu só uso em casos raros, como na hora de dormir ou quando machuca, ou quando assusta ou na hora de tomar vacina, no resto do dia a Bia vive muuito bem sem chupeta, inclusive tira ela mesma. Boa sorte nas descobertas do dia-dia entre você e a Ana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s