Meleca Amarela

Vai passar

Para uma coisinha tao pequeninha, a Ana já viveu emoçoes fortes. Já fomos com ela a dois restaurantes e ela se comportou muito bem. Fomos duas vezes em trem até a cidade do lado para resolver algumas burocracias e também tudo bem. Supermercados e bares sao já parte de sua pequena rotina e agora temos uma amiga companheira de passeios diários pela cidade. É a Nicoleta e sua mae, que conhecemos no curso de pós-parto. E essa semana tínhamos até um almoço entre as meninas, mas a Ana ficou doentinha… Ainda está meio caidinha com uma tosse estranha, mas o susto mesmo foi na terça-feira, porque ela teve febre durante a noite. Como no dia seguinte a Dra. Ana olhou e nao tinha nada, tenho pra mim que era saudades do pai, que ficou fora tres dias, acumulada com saudades dos avós e do fuzuê que estava aqui desde que ela se conhece por gente.

Foi bem estranho porque ela deixou de mamar de um peito que murchou até secar – já voltou – e ficou tao abatidinha que nem sei. E agora que voltou já está em uma nova fase. Como mais em cada toma, mas também dorme mais. E está vivendo pra valer a tal da crise de “choro excessivo do lactante”, vulgo cólica. Nao é todo dia – graças a deus – mas ela fica bem zangada e chatinha. Mas eu aproveito pra ficar bem agarradinha nela, porque como tudo nessa vida, vai passar.

Anúncios

4 comentários em “Vai passar

  1. Nossa Mariana! Você não me disse que tinha sido tão grave, que o leite tinha secado de um lado…. Mas agora tenho de me conformar em saber das novidades pelo blog, ou seja, depois que passaram e já foram superadas. Tem um lado bom, mas o que eu queria mesmo era estar por perto. Como não dá…..
    Beijos,

  2. oi mari,

    “vai passar” virou uma das cancoes de ninar da hannah. de tanto eu repetir pra ela que a dor vai passar, achei mais legal e efetivo cantar a música do chico. ela adora. principalmente quando eu comeco a chacoalhar ela como se eu fosse um carro alegórico.

    como assim a hannah rueira (comentário do flickr)! a gente só saiu uma vez de casa com ela. ah, sim, a pé, que carro a gente nao tem e eu só a maior medrosa de gripe que há e aqui os alemaes adoram deixar sempre tudo herméticamente fechado no inverno, principalmente no metrö.

    meus peitos, ainda tenho um interditado. hoje fui até num dermatologista que a minha hebamme já nao sabia mais o que poderia ser… estou tratando com panthenol…

    beijao!

  3. Ai, Mari, quantos desafios e novidades e tornar-se mãe, né? Deve ser a coisa mais gratificante do mundo. Vou lendo tudo que escreve, assim quando tiver o meu já estou mais ou menos sábia rsrsrs ou não? rsrs beijoca!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s