Meleca Amarela

É melhor ser alegre que ser triste…

Quando as minhas amigas maes recentes me diziam que o primeiro mês era uma loucura, que dava uma vontade imensa de chorar, eu escutava, me solidarizava e saia pensando, porque? Agora que estou aqui com a pequena que nao tem nem vinte dias, continuo sem entender a razao pra tanta comoçao, mas a verdade é que as lágrimas vem nao sei de onde e se instalam aqui, sem mais nem menos. E nao importa o apoio do maridao, nem a ajuda inestimável das avós em tempo integral.

Vem um pouco do fato de descobrir-me uma pessoa normal, sem super poderes. De nao ser a dona da verdade, de nao ter a fórmula mágica para entender esta pequena coisinha que veio de dentro da gente, mas que agora tem suas vontades, desejos, necessidades. E piora um pouco depois de um dia inteiro pendurada no peito e ainda assim indócil, berrando como se estivesse recebendo um castigo no pelourinho. E o pior de tudo é que no meu colo berra mas vai com outro se acalma, traduçao perfeita do sentimento de impotência.

Até que resolvi ver o video “The happiest baby on the block” que a mais que amiga Flavia me emprestou. Enquanto a Ana dormia depois do seu banho reparador, assisti com a minha mae. Terminei com algumas idéias novas:

  • Às vezes os bebês estao irritados e só. A intensidade do choro nao corresponde à gravidade do que ele sente.
  • Se a técnica de acalmar que é ensinada no vídeo funciona é porque nao estava doendo tanto assim. Quer dizer, se for fome, nao vai ter jeito de fazer a bichinha dormir
  • Nao existe só uma forma de fazer o bebê se acalmar, mas tem uma que é mais eficiente. Está dividida em 5 passos, pode ser que só com alguns deles o bebê já fique tranquilo

Mas o mais importante foi que me deu muita segurança, pra saber que sou uma boa mae mesmo que a Ana chore um pouco, que o umbigo nao vai saltar e que o cérebro nao vai estourar. E que se ela nao parar, sempre tem o peito, se bem que é mais fácil que a pegada seja da boa se ela estiver tranquila.

E assim foi que eu acordei toda sorridente. Depois da mamada da manha – quando geralmente eu ia correndo tomar banho de comer alguma coisa – eu comi uma banana e voltei a dormir, enquanto a Ana brincava com a avó Silvia.

E viveram felizes para sempre… (pelo menos até agora)

Anúncios

8 comentários em “É melhor ser alegre que ser triste…

  1. Maricota, aproveita esse comecinho, descansa sempre que der e não se preocupe com essas formalidades aniversariescas, viu? Esse tempo é seu e da Ana, enjoy!
    Ela tá lindona!!! E as coisas já devem ter acalmado um pouco, né? Esse vídeo dos 5 passo é ótimo! Fora isso, só posso recomendar o bom e velho tampão de ouvido, que deixa o choro menos ardido e ajuda a mãe a manter o mínimo de sanidade… 😉
    beijoca!

  2. Estou adorando seus posts sobre os primeiros dias da Ana. Acho que vão me ajudar muito com a Mili. E espero que a maior parte das lágrimas que ainda virão sejam de alegria! Beijos!

  3. Que delicia de post!
    Fico realmente feliz de saber que você tem aproveitado as dicas do Dr. Karp. E principalmente que te ajudaram a perceber a super mamãe que você esta sendo.
    Adorei a visita, ela é uma princesinha e você vai ver que daqui a pouco vocês estaram muito mais sincronizadas e adaptadas a essa nova dimensão.

    Pode contar comigo pro que precisar. hein?

    muitos beijos

  4. Parabéns pela chegada da Ana. Sim, os primeiros meses são difíceis, mas já tudo melhora.

    The Happiest Baby on the Block é genial. Me ajudou demais.

    Boa sorte na aventura da maternidade. se precisar de alguma coisa, sabe onde me encontrar.

    Beijos em vocês

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s