Maricotinha e o Vampiro · Viagens

Mais da Romenia

<!– /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-parent:””; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:”Times New Roman”; mso-fareast-font-family:”Times New Roman”; mso-ansi-language:ES; mso-fareast-language:ES;} @page Section1 {size:612.0pt 792.0pt; margin:70.85pt 70.85pt 70.85pt 70.85pt; mso-header-margin:36.0pt; mso-footer-margin:36.0pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} –>

Depois do resumo meia-boca do outro post quero ver quem ainda tem vontade de ler sobre minha viagem pela Transilvania e a Romenia profunda. Mas confio que o que voces vao ler de aquí em diante vai ser muito mais interesante. Agora enquanto escrevo o Silviu está tentando trabalhar e a mae dele está fazendo uma sobremesa super especial, um crepe com queijo típico daqui só que doce.

Este viagem se apresentou faz uns meses como uma oportunidade de ver mais deste país e em melhores condiçoes detempo. Porque por mais que eu tenha gostado do inverno, o verao é melhor para viajar. O roteiro eu deixei para o Silviu, só disse que queria ver uma estaçao de águas termais e fazer um pouco de aventura. Como um anfitriao altamente eficiente, voces verao que ele cumpriu à risca meus desejos.

Dia 0 – a viagem

As minhas viagens começam com a mala, porque inevitablemente é aí que eu imagino o que vai ser e o que vou fazer. Coloquei biquinis, tenis, shorts e camisetas. Duas roupas para sair uma calça comprida e dois casaquinhos porque de noite pode refrescar, afinal estamos nas montanhas. Coube tudo na mala pequena, a mochila ficou só para os livros e bugingangas, mas iamos precisar aquí para fazer passeios.

No aeroporto já comecei a sentir o clima de férias e as idiosincrasias do povo. Duas horas antes do voo a fila já está formada – parece que o voo está lotado. Sao familias, casais, grupos de amigos. Aho que eu sou a única pessoa sozinha. Acho que sao todos romenos, mas identifiquei um pequeño grupo de españoles. Sentei numa saída de emergecia e o vôo foi bastante tranquilo. As pessoas sao tranquilas e silenciosas. Acho que a maioria era de emigrados que voltam de ferias para casa.

A policía da imigraçao me fez mais perguntas que a dos Estados Unidos, mas isso debe ser porque era a primeira brasileira que ela via por aquí. Depois da mala, o Silviu era coisa que eu mais queria ver. Duas semanas longe, eu estava cheia de saudades. E lá estava ele, lindo e cheiroso, com um sorriso enorme me esperando. Como eu gosto de ser recebida no aeroporto…

Em casa a mae dele tinha preparado um mega jantar, mas eu fui capaz de convence-la de que nao era necesario as tres da manha. Dormimos, porque o dia seguinte começava cedo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s