bitácora

Cara de cachorro perdido

A coisa mais triste do verao é quando as familias saem de férias e abandonam seus caes. Já é o segundo dia seguido que quando saio de manha cedinho pra ir trabalhar eu encontro um desses pobres coitados totalmente perdidos vagueando pela rua. E como eu sou a única pessoa na rua, eles tendem a me seguir. Ontem eu fiquei com medo – desde criança acho que eles vao me atacar – mas hoje eu fiquei foi com dó. E quando cheguei na estaçao, precisava ver a cara dele me vendo do outro lado da catraca. Uma dó gente. Eu queria parar pra fazer um carinho – e olha que eu nao sou uma “dog person”, mas estava atrasada. Depois pensei, me vai dar vontade de ficar com ele, como posso deixar ele aqui, mas é que nao dava mesmo. Só que eu acho a maior sacanagem, era um cao tao bonito, cinza, grandao. Devia chamar Rex, ou Gris. Se fosse meu ia se chamar Gris. Bom, agora já foi. Tive um cachorro por oito minutos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s