da janela · lá fora · sala de cine

Cinema

Ontem fomos no cine Verdi em Barcelona. Vi pela primeira vez um file do Emir Kusturica. Pensava que era uma crítica social, talvez até seja, mas para entender tem que saber um pouco mais da realidade da regiao. Por sorte tinha meu tradutor pessoal, o Silviu, que depois do filme me explicou um pouco mais sobre a Servia e os personagens. Mas mesmo sem saber nada eu era a que ria mais na sala. Talvez por causa disso mesmo. O filme se chama “Promete-moi”, ou prometa-me, e conta a historia de um garoto que mora com o avô que um dia decide que vai morrer. Entao manda o menino pra cidade grande, para vender a vaca e com o dinheiro comprar uma imagem de Sao Nicolau e uma lembrança. E se possível arranjar uma noiva. É como se fosse uma daquelas histórias do Ariano Suassuna, tipo o Auto da Compadecida. É uma fantasia e retrata o contraste entre campo e cidade, a descoberta do amor, as mafias, a família e as instituiçoes. Mas mais que isso é um grande sarro, mais de duas horas de pura diversao.

Foi um ótimo começo de noite, porque depois a gente foi jantar com o Carlao – sem a MP – e um amigo frances, Didier. Comemos paella com sangría, nada mais típico.

Anúncios

Um comentário em “Cinema

  1. oi Mari,
    que bom que você foi ver Kusturica, é divertido demais. ontem assisti o “Happy-Go-Lucky”, e recomendo muito! Ah, de repente você até já viu, deixa eu continuar lendo o teu blogue.
    Beijos
    Cami

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s