bitácora · da janela

Dia de la Madre

Aqui na Espanha há esse hábito de celebrar o dia do santo do seu nome. Tem seu lado prático, porque às vezes é fácil esquecer uma data específica, mas é fácil lembrar que 23 de abril é dia de sao Jorge, 31 de dezembro de sao Silvestre, 24 de setembro da virgem das Mercedes, etc. Por isso, quem quer comemorar duas vezes por ano, melhor ter nome de santo. Mas tem uma dia dedicado a mais importante das santas, a Santa Madre. O pessoal do marketing até que tenta diverisficar nos presentes, mas acabam sendo sempre flores e uns docinhos especiais pra sobremesa, afinal o almoço deve ser na casa da vó. Nao sei bem como é a tradiçao aqui, só sei das filas na doceria e na floricultura. Acho que é o único dia que vejo maes-filhas na fila da padaria, missao em geral reservada aos pais-maridos… Enfim, pra gente que nao tem mae perto, pelo menos dá pra ver que há menos gente na rua, no önibus, na praia. Uma beleza. Um beijo pra minha mae.

Anúncios

Um comentário em “Dia de la Madre

  1. Mariana,
    A sua estranheza aí também é a minha aqui. Mesmo com um filho perto, falta um pedaço. Eu sempre brinquei com a minha mãe que não importa pra ela se a Maísa e eu estamos aqui. Sempre falta a Zilah. E não é que comigo é a mesma coisa?
    Obrigada por ter ligado, fiquei mais contentinha.
    Beijos muuuuuuito saudosos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s