da janela

Update

Tem um post de duas semanas atrás que ficou meio no ar porque eu fui falando das coisas que eu queria fazer no fim de semana e depois nao voltei pra dizer o que fiz. Bom, isso é porque eu nao fiz nada! O Silviu chegou e entre uma coisa e outra fomos pra Sant Cugat aproveitar que fazia um dia lindo e acabamos comendo uma carne argentina deliciosa em um restaurante novinho em folha. Os donos sao argentinos e o pessoal que trabalha é de toda América do Sul. Só os clientes que eram os super e/ou meio “pijos” de Sant Cugat. Parece que esta é a terceira cidade mais cara para comprar imóveis da Espanha. E olha que a competiçao é forte. Isso é só mais um motivo para nem pensar em morar aqui se um dia me der de comprar uns tijolos por estas bandas.

Esse finde o Silviu nao veio e eu fui sozinha quebrar tudo em Barcelona… Até parece, hahahaha. Fui jantar na Marta e depois encontrei as meninas no La Fiana, que é um bar da moda no Borne, o bairro cult de Barcelona. Ficamos o tempo de terminar uma cerveja e mudamos para o La Luna, umas duas ruas mais pra lá, perto da Santa Maria del Mar. O ambiente era super legal, com as paredes de pedra e o pé direito alto típico das contruçoes medievais que forram a parte baixa do centro de Barcelona. Eu adoro! E além disso a bebida nao é nada cara (cerveja 2,50 euros) e vi servirem comida até bem tarde. Estávamos com uma turma enorme, mas nao tinha aperto. Só nao lembro se tinha música, o que pelo menos quer dizer que se tinha nao atrapalhava a conversa. Como todos os bares desse tipo fecha às 3 da manha (só as discotecas podem ficar até as seis) e por isso às duas e meia acendem as luzes e começam a explusar a galera. Chovia e por sorte a casa da Marta era ali perto. O resto da galera se enfiou em um bar clandestino, que é uma das experiências mais interessantes da cidade. Fica com a porta meio fechada e um cara na porta que deixa todo mundo entrar, mas todo mundo sabe que tem que fazer silêncio porque o lugar nao tem autorizaçao pra funcionar depois das três. Por motivos óbvios nao posso dar o endereço, mas quem vem pra Barcelona sempre conhece alguém que conhece um.

Pra terminar o finde “girls only” em alto-estilo hoje fomos almoçar no El Rei de la Gamba. Um restaurante que serve frutos do mar em quantidades incríveis. Esse sim é fácil de achar porque ocupa uma quadra inteira na avenida Joan de Borbò, na Barceloneta. Tudo que diz que é pra dois dá prá pelo menos três. Comemos paella, lulinha a dorè e pa amb tomaquet (pantumaca), um pao daqueles que no Brasil a gente chama de italiano com alho, azeite, tomate espremido e sal. Bom demais e até barato.  Ficamos numa mesinha fora, tomando um pouco de sol pra rebater o frio que fez esta semana. Agora estou cheia de energia pra começar uma nova semana.

Em tempo: parece que o PSOE está ganhando as eleiçoes na Espanha. A participaçao foi de mais de 75%, o que nao sei se os experts acham, mas eu acho bem impressionante, já que nao é obrigatório. Agora estou escutando o Zapatero dizendo que no País Basco o pessoal deu o tom: o partido que apoia o ETA ficou em segundo e o PP em último. Quem perdeu foram os partidos pequenos, o que fortalece o bipartidarismo e deixa a democracia menos interessante. Pelo menos o PSOE nao tem maioria absoluta e isso já é alguma coisa, porque já dizia o outro que a unanimidade é burra…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s